quarta-feira, 19 de março de 2008

«Almada: providência cautelar contra linhas muito alta tensão»

No Diário Digital: "O município de Almada e as Juntas de Freguesia da Charneca de Caparica, Caparica e Trafaria apresentaram uma providência cautelar contra a REN e Ministério da Economia exigindo a suspensão dos trabalhos das linhas de muito alta tensão. A providência apresentada no Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada exige a suspensão do acto de licenciamento do projecto «Linha de Muito Alta Tensão (LMAT) Fernão Ferro - Trafaria» e visa impedir a REN de continuar os trabalhos de implementação, construção, ligação à rede eléctrica bem como todos os trabalhos a efectuar nas Linhas de Muito Alta Tensão. Em comunicado, estas quatro entidades apresentam sete razões para a suspensão do processo de passagem das linhas de muito alta tensão pelo concelho de Almada." [notícia integral]

4 comentários:

Pinto de Sá disse...

Li os motivos invocados para a providência cautelar e, neste caso, sim! Neste caso, e se tudo fôr como a petição diz e o Tribunal avaliará, dou toda a razão a Almada!
É que a própria OMS recomenda o diálogo com as populações nesta matéria, há Directrizes europeias, como de costume, a recomendar a adopção das medidas da OMS, e o Governo até já deu cumprimento a isso pondo tudo na lei, desde 2005 para cá!
Agora aos "terroristas" anti-"Radiações" electromagnéticas, continuo a dizer: deixem de ser ignorantes ou demagógicos!
As pessoas têm todo o direito a não quererem linhas no seu quintal, para mais postas lá sem se lhes passar cartão.
Mas não me venham explorar a ignorância das pessoas e suscitar medos absurdos!

Anónimo disse...

gostava de saber o porque de tanto interesse do Dr. pinto de sá neste nosso blog.
será por ser professor no tecnico , o qual tem uma parceria com a ren.
voçê não nos engana, e não venha com essa de ignorantes, porque ignoroante são voçes que só estudam os livros e não analizam os casos práticos.
relatvmente ao estudo de serdezelo , eu já lhe respondi o porque de não haver causa efeito nesse estudo, e se vierem aqui a sintra vão encontrar outro motivo qualquer (ex. o vento) para que as pessoas que moram por baixo das linhas tenham cancro.
nos somos o movimento civico de sintra.

Pinto de Sá disse...

"Este nosso blog"...
Fica tudo dito com isso! Pensei que o blog fosse isento e procurasse a informação, não que fosse uma bandeira militante...
De qualquer modo, como é público e não censura os comentários, têm de se sujeitar ao debate democrático!
O meu interesse no blog tem razões simples: sou professor do assunto, sou o melhor especialistas nacional no assunto, e este é o único bolg sobre o assunto!
Quanto aos seus insultos de que "tenho uma parceria com a REN", de que "só sei coisas dos livros", etc, respondo-lhe: se a estupidez e a desonestidade fossem dinheiro, você estava milionário!

L.G. disse...

Boa tarde.
Também não gostei da expressão nem do tom do comentário que refere, mas por enquanto não exercerei qualquer tipo de censura nos comentários. No entanto, apelo a todos a que mantenham o nível do debate. Cumprimentos, Luís Galrão